BRASIL, Mulher, NEUSA MARIA PAGANI PANICE,BAURU/SP

 

   

    UOL - O melhor conteúdo
  BOL - E-mail grátis
  canilfh.com.br
  hotelariafh.sites.uol.com.br
  HOTELARIA
  curiosidades


 

   
 

  Todas as mensagens
  Evento
  VIAGEM
  PIADAS
  CÃES
  GATOS
  outros


 

   

   


 
 
CANIL E GATIL F.H.

CÃES



Turma

Trata-se de uma raça recente. Foi trazida da Inglaterra no século XVII. Sua apresentação oficial, foi no ano de 1883, quando foi reconhecida pelo Kenel Clube Britânico. Havia muita divergência entre os criadores que desejavam acentuar qualidades estéticas, ou realçar algumas características de cão de caça. Este conflito, influiu na popularização da raça. O Basset Hound só se tornou popular quando introduzido nos Estados Unidos.

É um excelente farejador, de temperamento calmo e amável. É extremamente manso, apegado ao dono e carinhoso. Muito resistente no trabalho de campo, o Basset Hound é capaz de fazer grandes caminhadas.

Acostumado a viver em matilha, não é um cão agitado, agressivo, ou tímido. Gosta de uma boa soneca e não necessita de grandes doses diárias de exercício. Pequenas caminhadas são suficientes para não torná-lo um cão obeso.

É uma raça de pernas curtas, e a sua ossatura é mais pesada em relação a altura, do que qualquer outra raça. O tamanho máximo do Basset Hound, medido na altura da cernelha é de 35 cm. O pêlo é curto, liso, áspero  e aderente, denso o suficiente para suportar qualquer condição climática. Todas as cores características dos hounds são aceitas. Sua pele é frouxa e elástica.



Escrito por nepapa às 23:44:07
[   ] [ envie esta mensagem ]




O Basenji

Padrão Oficial Da Raça BASENJI - Grupo: 2

Aparência Geral
O Basenji é um cão de caça africano, de porte pequeno e de pêlo curto. Dorso curto, construção leve, dando impressão de ser alto de pernas em comparação com seu comprimento. A cabeça enrugada é portada com altivez, pescoço bem arqueado e a cauda é inserida alta e enrolada. Elegante e gracioso, sua atitude é de pose e atenção inquisitiva. A estrutura balanceada e musculatura lisa, qualificam-no para uma movimentação fácil e ágil. O Basenji caça tanto por visão como por olfato. Característica: O Basenji não deve latir, mas não é mudo. A testa enrugada e o movimento de corrida veloz e infatigável (semelhante ao trote pleno de um cavalo de corrida) são típicos da raça.

Faltas
Quaisquer desvios dos pontos abaixo devem ser considerados faltas e a seriedade com a qual devem ser penalizadas, deve ser em exata proporção ao seu grau.

Tamanho, Proporção e Substância
A altura ideal para machos é de 43 cm e para fêmeas é de 40,5 cm, medidos da ponta do peito ao ponto mais distante da parte traseira. Peso aproximadamente para machos: 11 kg e para fêmeas: 10 kg. De constituição leve, deve ter relação entre altura e peso.

Cabeça
É orgulhosamente portada.

Olhos
Avelã-escuro ao marrom-escuro, amendoados, colocados obliquamente, boa visão de distância, pálpebras escuras.

Orelhas
Pequenas, eretas e levemente pontudas, de textura fina, inseridas bem para frente no topo da cabeça. O crânio é chato, bem cinzelado e de largura média, afilando em direção aos olhos. A testa deve afilar dos olhos para o focinho com um stop perceptível. Focinho mais curto que o crânio, nem grosseiro, nem fino, mas com lábios arredondados. Rugas aparecem sobre a testa quando as orelhas estão eretas e são finas e profusas. Rugas laterais são desejáveis, mas não devem ser exageradas, transformando-se em barbelas. As rugas são mais perceptíveis nos filhotes e, por causa da ausência de sombreamento, são menos notadas nos pretos, tricolores e tigrados. Nariz: Preto é altamente desejável. Dentes: Bem alinhados, com mordedura em tesoura.

Pescoço, Linha Superior e Corpo
Pescoço de bom comprimento, bem arqueados e ligeiramente cheio na base da garganta, bem inserido nos ombros. Linha Superior: Dorso Nivelado. Corpo: Deve ser balanceado, com dorso curto, compacto e terminando num esgalgamento definido. Costelas moderadamente arqueadas, ovais e alcançando os cotovelos. Ligeiro antepeito na frente da ponta dos ombros. Peito de largura média. Cauda: inserida alta, dobrada bem para a frente e repousa bem enrolada para um dos lados.
Anteriores
Ombros moderadamente angulados.
Escápula e úmero de comprimentos aproximadamente iguais, cotovelos bem ajustados ao peito, pernas retas com ossos lisos e finos, antebraço longo e tendões bem definidos. Os metacarpos devem ser de bom comprimento, fortes e flexíveis. Pés: pequenos, ovais e compactos com almofadas plantares espessas e dedos bem arqueados. Ergots são habitualmente removidos.

Posteriores
De largura média, fortes e musculosos, com jarretes bem descidos, não desviando nem para dentro nem para fora, com coxas longas e joelhos moderadamente angulados. Pés: como os dianteiros.

Pelagem e Cor
Pelagem curta e fina. Pele bem elástica.
Cor: Castanho avermelhado, preto puro, tricolor (preto puro e castanho avermelhado), tigrado (listas pretas num fundo castanho avermelhado), todos com branco nos pés, peito e ponta da cauda. Pernas brancas, peito e colar brancos opcionais. A quantidade de branco nunca deve predominar sobre a cor primária. Cores e marcações devem ser ricas, claramente definidas, com distinta linha de marcação entre o preto e o vermelho dos tricolores e a lista dos tigrados.

Movimentação
Trote rápido e incansável, alcance longo, suave, sem esforço, com a linha superior permanecendo em nível. Indo e vindo, as pernas devem manter-se em linha e convergindo para linha central abaixo do corpo. Quanto mais rápido for o trote, maior será a convergência.

Temperamento
Uma raça inteligente, independente, mas afetuosa. Pode ser desconfiada com estranhos.



Escrito por nepapa às 22:46:28
[   ] [ envie esta mensagem ]




Quem é ele?

Bernese Mountain Dog - Raça Canina

Padrão da Raça
Tipo físico: As regiões montanhosas da Suíça requeriam um cão rústico. O Bernese tem esse aspecto curtido de um veterano montanhês. Sua cor é preta e fogo com manchas brancas. A pelagem é meio comprida com pelos ligeiramente ondulados que o protegem dos ventos gelados e da neve. O crânio é plano e o focinho forte e reto. Os olhos são castanhos escuros e amendoados e lhe dão uma expressão de lealdade. O corpo é compacto e o peito é amplo. Sua altura varia entre 59 e 70 cm e seu peso entre 40 e 44 kg. 
História: O Bernese foi introduzido na Suíça pelas legiões romanas durante o primeiro século AC. Foi obtido através de cruzamentos entre cães guardiães e cães de trabalho nativos. É o cão que goza de maior popularidade fora de seu país. 



Escrito por nepapa às 22:38:00
[   ] [ envie esta mensagem ]




AKITA

Origem: Japão



Utilização: Cão de companhia



Aparência Geral: Cão de grande porte, constituição robusta, bem proporcionado com muita substância, caracteres sexuais secundários nitidamente definidos. Grande nobreza e dignidade na sua simplicidade. Construção robusta.

Proporção Importante: Relação entre altura da cernelha e comprimento do corpo é de 10:11 mas as fêmeas são ligeiramente mais longas que os machos.



Comportamento e Temperamento: calmo, fiel, dócil e receptivo.



Cor : vermelho-fulvo, sésamo (pêlos vermelhos com as pontas pretas) tigrado e branco. Todas as cores acima mencionadas, exceto a branca, devem apresentar o "URAJIRO" (pelagem esbranquiçada nas laterais do focinho, nas bochechas, sob o queixo, pescoço e ventre, na face inferior da Cauda e face interna do membros).



Histórico: Originalmente todas as raças caninas japonesas eram de pequeno e médio porte, não existia nenhuma de grande porte. Desde 1603, provindo da região de AKITA, os cães chamados "AKITAS MATAGIS" (cães de tamanho médio para caça ao urso), foram usados como cães de combate. A partir de 1868 a raça foi cruzada com o Tosa e com Mastiffs. Como conseqüência destes cruzamentos o talhe aumentou e traços Característicaos próprios dos cães tipo Spitz, desapareceram.

Em 1908 foram interditadas as rinhas de cães. A raça, contudo, foi preservada e aperfeiçoada como uma grande raça japonesa e em 1931, nove cães, exemplares de nível superior foram designados "Monumentos Históricos". Durante a segunda guerra mundial (1939 — 1945) era comum usar pele dos cães para confeccionar vestes militares. A polícia ordenou a captura e confisco de todos os cães, menos o Pastor Alemão que era usado para fins militares. Muitos criadores aficcionados tentaram enganar a lei, cruzando seus cães com Pastor Alemão. No fim da segunda guerra mundial, o número de akitas estava drasticamente reduzido e os cães apresentavam três tipos diferentes.

Durante o processo de restauração da raça pura, após a guerra, Kongo-Go, um cão com linha de sangue DEWA, que exibia a influência do Mastiff e Pastor Alemão teve uma passageira, mas tremenda popularidade.

O número de criadores de Akita aumenta e ganha muita popularidade.

No entanto, os criadores esclarecidos recusaram-se aceitar este tipo de cão como a verdadeira raça japonesa e se esforçaram para eliminar as Características das raças estrangeiras fazendo cruzamentos com os Akita Matagi, para voltar ao tipo original.

Estes esforços foram coroados de sucesso e permitiram a estabilização da raça pura do Akita de grande porte bem conhecido nos nossos dias.

Cabeça

Região Craniana

Crânio: proporcional ao corpo. Testa larga, sulco frontal nítido sem rugas.

Stop: definido.

Região Facial

Trufa volumosa e preta. Falta de pigmentação leve e difusa, é aceitável somente nos cães brancos, mas a Trufa preta é sempre preferida.

Focinho: moderadamente comprido, forte, largo na raiz, vai afinando, jamais pontudo. Cana nasal é reta.

Maxilares/Dentes: dentes fortes, mordedura em tesoura.

Lábios: fechados.

Bochechas: moderadamente desenvolvidas.

Olhos: relativamente pequenos, triangulares, o ângulo do olho é ligeiramente voltado para cima, moderadamente separados, cor marrom escuro, quanto mais escura for a cor, melhor.

Orelhas: relativamente pequenas, grossas, triangulares ligeiramente arredondadas na extremidade, inseridas moderadamente separadas e inclinadas para a frente.

Pescoço: grosso e musculoso, sem barbelas, proporcional à Cabeça.

Tronco

Dorso: reto e forte.

Lombo: largo e musculoso.

Peito: profundo com antepeito bem desenvolvido, as costelas moderadamente arqueadas.

Ventre: bem esgalgado.

Cauda inserida alta, é grossa portada bem enrolada sobre o dorso, a extremidade toca o jarrete quando esticada.

Membros Anteriores:

Ombros: moderadamente inclinados e desenvolvidos.

Cotovelos: bem ajustados ao tronco.

Antebraços: retos com forte ossatura.

Membros Posteriores: bem desenvolvidos, fortes e moderadamente angulados.

PÉS: fortes, redondos, compactos, arqueados.

Movimentação: elástica e potente. Pelagem: o pêlo de cima é duro e reto, sub-pêlo macio e denso, a cernelha e a Garupa são revestidas com um pêlo ligeiramente mais comprido, o pêlo da Cauda é mais longo que o do resto do corpo.

Talhe: altura da cernelh machos 67 cm e fêmeas 61 cm, com uma tolerância de 3cm a mais ou a menos.



Escrito por nepapa às 00:38:16
[   ] [ envie esta mensagem ]




NOSSA ORIGEM

Sempre houve controvérsias sobre a nossa origem. Provavelmente é melhor encarar os fa-tos e admitir que praticamente nada é sabido sobre como, quando ou por quê nós, cachor-ros de focinho curto, pêlo macio e rabo enrolado que chamados pugs, vieram a surgir. Exis-te, entretanto, pouca dúvida sobre de onde a gente veio, e esse lugar é a China. Há uma boa razão para acreditar que todas as raças de focinho curto (com o bulldog e membros de sua família sendo a única exceção), se originaram do oriente. Por muito tempo tivemos duas hipóteses, mas finalmente elas foram descartadas. A primeira se baseava na crença de que nós pugs descendiamos e nos tornamos uma variação do mastiff. A idéia provavel-mente surgiu com o fato de que os primeiros pugs que chegaram na Inglaterra eram algu-mas vezes chamados de mastiff holandes. O único ponto verdadeiro da similaridade entre mastiff e pug é a cor e o pêlo. A estrutura dos crânios das duas raças variam muito e isso é mais que o suficiente para mostrar que é mais que improvável que nós possuimos alguma conexão com o grande molossus, conhecido como phoenicians, de quem o mastiff, o medi-eval alaunt e o bulldog descendem. O segundo erro é que os focinhos curto de nós pugs seriam quebrados enquanto filhotes. É claro que uma operação desse tipo afetaria apenas aquele cão em que tivesse sido feito isso, e não os seus descendentes. Seleção natural não é nada novo e já é realizada por uma razão ou outra há centenas séculos. Cães de focinho curto parecem já ser conhecidos na China muitos anos antes da era Cristã, já que cães demandíbula pequena já eram mencionados por Confucius (551 a.C.). Registros do primeiro século após Cristo mencionam cachorros, chamados de pai, que traduzindo seria algo como "pernas curtas" e "cabeça curta". Neste período aumentou o número de imperadores que possuíam cachorros pequenos.



Escrito por nepapa às 00:22:06
[   ] [ envie esta mensagem ]




SONHAR É BOM!!!

Você sabia que os animais sonham?



Os sonhos podem interferir no temperamento, comportamento e no modo de agir do animal.

O sonho de um gato ou cachorro pode ser influenciado pelo ambiente em que ele vive. Se o animal vive em um ambiente barulhento e onde ele não recebe atenção, este animal poderá dormir pouco, se tornando um animal estressado e solitário. Mas se ele vive em um ambiente tranqüilo e recebe carinho e atenção o animal não terá problemas com stress e outros. Então aqueles que têm a vida agitada demais se estressam e tendem a dormir menos, apresentando assim vários problemas.

O que pode também trazer problemas é a interrupção do sono do animal.

Devemos então respeitar os horários e deixar o animal dormir tranqüilamente. O REM (Hora em que o sono é mais profundo) é necessário para o equilíbrio e o bem estar do animal. Especialistas já chegaram à conclusão de que o sono REM só se apresenta em aves e mamíferos, ou seja, animais de sangue quente.



Escrito por nepapa às 20:16:04
[   ] [ envie esta mensagem ]




American Pit Bull

Padrão da Raça
Tipo físico: O Pit Bull se sobressai como um cão vigoroso, poderoso e voluntarioso. Seu comprimento é ligeiramente maior que sua altura que pode variar entre 46 e 56cm. O peso varia, inclusive entre exemplares de mesma altura, entre 14 e 36 Kg, sendo que o normal é entre 16 e 25Kg. O pelo é curto, brilhante e áspero ao tato. Aceitam-se todas as cores, com ou sem marcas. As orelhas ficam posicionadas no alto da cabeça e podem ou não ser cortadas. O rabo também pode ser cortado.

História:  Baseado no Bull terrier e outros tipos de terrier antigos, o Pit Bull provém historicamente de ringues de luta. A tenacidade e a força dessa raça não tem paralelo no mundo canino. Sua história é rica e impressionante, porém seu futuro merece mais atenção. O Pit Bull é uma raça de cão singular e não tem nada a ver com qualquer tipo de mestiço lutador criado sem escrúpulos. Por muito tempo na América foi um cão querido e companheiro comum. Infelizmente mais tarde, alguns irresponsáveis sem escrúpulos, aproveitaram as qualidades desse cão para lutas ilegais causando a  má reputação da raça nos EUA. O Pit Bull é excelente em qualquer função canina: guardião, pastor, caçador e policial.

Caráter:  São verdadeiros companheiros de categoria, somente para pessoas de categoria também. Suas tendências agressivas instintivas são dirigidas a outros cães, não as pessoas.



Escrito por nepapa às 15:06:23
[   ] [ envie esta mensagem ]




afghaunhound

Padrão da Raça
Tipo físico:  O porte orgulhoso da cabeça, o olhar fixo no horizonte e seu porte aristocrático lhe dá um ar exótico e digno. Sua pelagem longa, sedosa e de textura fina é abundante por todo seu corpo, adornando sua silhueta elegante. A cabeça é larga e fina e as patas são grandes e adornadas com abundantes pelos. O rabo ligeiramente coberto por pelos longos formam um anel em sua extremidade. Sua altura varia entre 61 e 71 cm e seu peso entre 23 e 28 Kg. Existem em todas as cores sólidas, bicolores e tricolores.

História:  Nada se sabe de onde vieram, mas aqui chegaram e ficaram. Os shiks afgãos dizem que ele foi a raça elegida por Noé para ser levado na arca. Mesmo não se sabendo a origem desta raça, sem dúvida os pedigrees desses cães são anteriores a J.C. Imagens de antepassados do Afghan foram encontradas gravadas em descobertas arqueológicas. Eram usados como guardiãs de ovelhas e gado e para caçar. Atualmente é usado como cão de companhia e exposição. Como exemplo de seu valor e habilidade, é sabido que ele chegou a atacar e matar leopardos e panteras.

Caráter:  O Afghanhound é amável e carinhoso e possui uma sabedoria que parece ter adquirido de seus antepassados no deserto. Pode ser reservado, mas é muito alegre e extrovertido com os seus. Ele necessita de espaço e exercício é imprescindível.



Escrito por nepapa às 15:03:06
[   ] [ envie esta mensagem ]




VIDA DE CÃO

A SABEDORIA CANINA.

 Já se imaginou agindo com a sabedoria canina ? Tente:

1. Nunca deixe passar a oportunidade de sair para um passeio. 2. Experimente a sensação do ar fresco e do vento na sua face por puro prazer. 3. Quando alguém que você ama se aproxima, corra para saudá-la(o). 4. Quando houver necessidade, pratique a obediência. 5. Deixe os outros saberem quando invadirem o seu território. 6. Sempre que puder tire uma soneca e se espreguice antes de se levantar. 7. Corra, pule e brinque diariamente. 8. Coma com gosto e entusiasmo, mas pare quando estiver satisfeito. 9. Seja sempre leal. 10. Nunca finja ser algo que você não é. 11. Se o que você deseja está enterrado, cave até encontrar. 12. Quando alguém estiver passando por um mau dia, fique em silêncio, sente-se próximo e gentilmente tente agradá-lo. 13. Quando chamar a atenção deixe alguém tocá-lo. 14. Evite morder quando apenas um rosnado resolver. 15. Nos dias mornos, deite-se de costas sobre a grama. 16. Nos dias quentes, beba muita água e descanse embaixo de uma árvore frondosa. 17. Quando você estiver feliz, dance e balance todo o seu corpo. 18. Não importa quantas vezes for censurado, não assuma a culpa que não tiver e não fique amuado...corra imediatamente de volta para seus amigos. 19. Alegre-se com o simples prazer de uma caminhada. Auuuuuuuuuuuu



Escrito por nepapa às 22:32:20
[   ] [ envie esta mensagem ]





[ ver mensagens anteriores ]